miguelbmiranda@sapo.pt

Wednesday, March 22, 2017

O Comandante Guélas - Série Paço de Arcos 87 - O Capachinho do Choné


O Comandante Guélas

Série Paço de Arcos

Futebol P.A. 18


O jogo deste domingo ficará para a História após a descoberta arqueológica feita pelo homem do momento que, contra a corrente do jogo, deu a vitória à sua equipa. O Bill excedeu-se, desconfia-se que, tal como o Caramelo que deixou de marcar golos de cabeça e passou a usar o biqueiro como arma letal, sinal da passagem da adolescência para a idade adulta, acaba de mudar de nível de jogo, já marca na baliza adversária. Terá deixado de ser adulto e agora é sénior, com direito a desconto no passe? Ficámos a saber que o Baloteli é órfão de pai vivo quando foi confrontado pelo Caramelo que o acusou de não dispor da mesma educação do progenitor:
- Fui federado 5 anos, capitão de equipa, nunca levei um cartão amarelo, por isso não admito que te dirijas a mim nesses termos!
Porque as equipas foram escolhidas pelo Preto e pelo Peidão, tiveram de ser registadas, para que o primeiro não desse início ao jogos com os atletas do adversário:
6 – 5 foi o resultado injusto, por isso iremos provar que a equipa do Fininho tem toda a razão para apresentar queixa no Órgão da Justiça Futebolística, presidida pelo jogador mencionado que, na sua imparcialidade intocável, reporá a justiça do jogo.
Preto: Rafael da Silva, Carvão (Preto Junior), Pai do Baloleti, Baloteli, Caramelo, Laranja, Brinca na Areia, Bil e Bailarino
Peidão: Taroulo, Zé Miguel, Goucha, Milhas, Fininho, Carcaça, Ulki, Tio Kiki e Chico Sá.
Como no Superbolas, fazemos um curto intervalo no relato para falar de coisas supérfluas, como por exemplo o Incha Padel.
- Conan exageras em pôr as bolas na rede, - disse o hilariante Cociolo, comentador desportivo do Incha Padel, após a grave lesão na cabeça, e continuou. – O Marreco está desportivamente muito quitado.
Porque é que o Tio Kiki desistiu do Incha Padel e está agora ao ataque no Futebol P.A.? O aumento do tráfego de atletas no desporto rei, o único com dois códigos de justiça, o da estrada para acidentes sem bola, e o do Fininho para incidentes com bolas, é inversamente proporcional à sua diminuição no Incha Padel, que está praticamente reduzido a dois fósseis, o Conan Vargas, jogador, e o Cociolo, o proxeneta desportivo. Do desporto constituído por almogados da bola ficamos por aqui, o interesse está todo voltado para a descoberta arqueológica do Bil no Lagoas Parque. Mais uma vez neste domingo ficou patente que tocar no Brinca na Areia continua a ser falta, amassar o Taroulo é falta contra o próprio. A descoberta já foi classificada como a do século e aconteceu quando o Bil marcou um soberbo golo de cabeça, depois de ter escorregado em algo, que foi atirado para a cabeça do bailarino, deixando-o com um invejável cabelo marciano. Mas antes de marrar na bola o Bill ouviu o barulho de um gole dado com força pela Quitéria Barbuda no gargalo da garrafa de tintól que comprara no “Severino Seco”, não sem antes ter pedido 10 tostões de manteiga, meia-quarta de café, uma quarta de arroz, pondo com brusquidão uma garrafa vazia em cima do balcão, tendo o senhor Fernando perguntado, “é para pôr petróleo”?. Depois ouviu murmúrios que caiam uns sobre os outros, atordoados pelo turbilhão de sentimentos do antes, do durante e do depois.
- De quem é este jogador? – Perguntou alguém
O Bill abriu os olhos e viu olhares hostis, medonhos e perversos, estava naquela equipa e na outra. Algo o fizera escorregar e fazer um gesto técnico que contrariava toda a sua carreira de atleta do Futebol P.A., marcar um golo na equipa adversária, por isso protestou desesperado. A autoridade máxima da partida anulou a jogada, daí o resultado oficial ter ficado num impate a 5 – 5, com tendência de vitória para a equipa do Fininho (0,5), que pelas leis desportivas arredonda-se, e procedeu-se de imediato à análise de tão intrigante prótese. Foram recolhidas amostras de ADN, e comparadas com os vestígios de caspa, e coincidiu com o perfil genético do Taroulo, o tufo só poderia pertencer ao pai: era o lendário capachinho do Choné!






No comments: