miguelbmiranda@sapo.pt

Tuesday, November 22, 2016

O Comandante Guélas - Série Paço de Arcos 76 - Este campeonato é só para velhos

O Comandante Guélas

Série Paço de Arcos

Futebol P.A. 7


“Os putos deviam ver o exemplo dos velhos com conversas de merda, que durante 40 anos continuam grandes amigos e a jogar à bola todos os fins de semana”, foram as palavras sábias do Tio Mino na antevéspera do primeiro jantar do Futebol PA, quarenta anos depois do Choné ter tido a primeira lesão no joelho ao dar início ao jogo, por ser o dono da bola alugada ao oponente, o Miguel CG. Durante todo este tempo o Tio Mino não fez mais do que afastar geração atrás de geração com o seu palavreado único, tendo atingido o vórtice da sua carreira de motivador desportivo quando conseguiu o degredo do Chico Marinheiro para as terras de Sua Majestade, onde chegou num estado existencial degradante, ao nível de um vendedor ambulante de salsichas moldavo, e o filho mais velho do Graise, que desapareceu sem deixar rasto, e com o pai preocupado em vir a ter dentro de casa um Milhas com apelido Baptista. Como paçoarcoense é o responsável pelo estado de demência avançada do Pica que, contra todas as regras da aviação civil, continua a voar na TAP, e que no jantar apareceu em formato Charlot, e só foi por causa da chuva que não cantou o “É Motorista”! Assim, o Tio Mino é o grande responsável pela ausência de renovação geracional, uma natalidade quase à beira do zero no Futebol PA, o que obriga os pioneiros a arrastarem-se pelo campo, que o diga o Choné, que está agora empenhado em construir o banco de reformados, ao mesmo tempo que tenta recuperar minimamente das mazelas de uma vida desportiva intensa, com a esperança de ainda poder regressar aos relvados, mesmo em formato Sete Escadas. Neste jantar ficámos a saber que a origem do Futebol PA reside numa dupla estilo Bonnie e Clyde paçoarcoense que, depois de aterrorizar a Península Ibérica durante os anos setenta, resolveram dedicar-se à filantropia e criar este grupo cultural, que mistura debate e um pouco de desporto. Passemos agora à segunda parte do relatório!

Uma vitória contra o Fininho representa sempre uma rutura contra um populismo exuberante. O jogo deste domingo chuvoso foi uma repetição do anterior, um clássico 6 x 6: Tio Mino, Tio Kiki, Caramelo, Laranja, Barnabé e Bill versus Milhas, Zé Miguel, Peidão, Chico Paulo, Espalha e Tarolo! O astuto Sobrinho da Uber, especialista em pormenores e condução das bolas, reparou num pormenor vantajoso para a sua equipa, o Tio Mino apresentou-se em campo sem a cremalheira de cima, esquecida algures entre o copo de água na mesa de cabeceira e o penico com o álcool do Trumps que o fígado do dito senhor se recusara a processar. Assim, o atleta que só sabe jogar a falar estava desfalcado, sem a prótese não haveria pressão psicológica sobre os adversários, principalmente o Milhas, que jogou solto e feliz, tendo sido escolhido pela crítica especializada como o jogador da semana, um Messi paçoarcoense. O Tio kiki adormeceu várias vezes à baliza na altura em que a bola ia para o fundo das redes, tendo feito por isso três fabulosas defesas. Mas o jogo foi na mesma manipulado pelo Fininho, que introduziu novas regras:

- Só se podem marcar golos dentro da grande área!

Seguido de um desmentido do Bill, que confidenciou que o Tio Mino lhe telefona muitas vezes a pedir conselhos:

- Afinal vale de todo o lado!

Conclusão, o primeiro golo da equipa do Milhas foi anulado porque o rematador fez o gesto três milímetros antes, segundo parecer validado pelo Tio Mino. Ainda tentaram assinalar um penálti por bola na mão do Peidão, mas a justiça divina fez o esférico entrar de seguida na baliza oposta. O Tarolo esteve de parabéns, chuva e meia dúzia foi música para as pernas dele!

- A derrota do Tio Mino acontecerá sempre que a distribuição dos coletes pelo Preto for controlada e a prótese do Fininho escondida no saco, ausência esta que lhe causa soluços constantes e um apertão na garganta, que encravam as palavras - diz com eloquência o cientologista Espalha.

No comments: