miguelbmiranda@sapo.pt

Friday, April 14, 2017

O Comandante Guélas - Série Paço de Arcos 90 - Profissão de Fé

Comandante Guélas

Série Paço de Arcos

Futebol P.A. 21



Ainda o galo, descendente das galinhas da mãe do Chato Louco, não tinha anunciado um novo dia, e já o Carcaça aquecia à porta do Lagoas Parque, para assim não ter que ir à baliza. Aproveitou uma pausa na preparação para mais um inesquecível jogo e deu uma espreitadela nos cartazes para as eleições dos Corpos Gerentes do Futebol P.A.:
- Um velho com um ar gaseado, dizia “Não ao cimento, só queremos estacionamento”;
- O outro avisava, “ Se tens cuidado com o teu cagueiro, não votes no Maneleiro”;
- E mais outro, “Se não marcas golo vota no Taroulo”;
- “Se não tens graveto, vota no Preto”;
- “Gostas de leitão, vota no Peidão”;
- “Sentes-te sozinho, vota no Cuzinho”;
- “Se és amigo do Macara, vota no Vara”;
- “Se queres notas de mil, vota no Bill”;
- “Se não és nenhuma menina vota no Maninho Ensina”;
- “Se queres livrar-te do Tio Mino, vota no Isaltino”.
O jogo deste domingo depressa ficou resolvido com a vitória inequívoca da equipa do Fininho que, meia hora depois do início do jogo, atingiu a marca dos 3 -0, com um triplo agradecimento ao Bill, sinal de fim da partida e início do treino (“A equipa que chega aos 3-0 ganha por diletantismo, o resto é treino” – artigo 3º do Código Teológico do Futebol de Paço de Arcos). O Peidão ensinou então ao jornalista como se marca um golo de calcanhar na própria baliza, o Ulki ia-se transformando quando sofreu três golos de rajada, e só acalmou quando o Fininho o informou que já estava em treino, sinal de que, além de problemas com os pés, tem também graves lacunas nas mãos, nada que o impeça de querer uma carreira brilhante na bola. Desta vez o acidente de trânsito mais grave foi quando o Zé Miguel foi abalroado pelo Carcaça, que o atirou de encontro ao relvado. Por momentos, e por ser já uma tradição, teve acesso ao passado da vila, e quando regressou contou ao papá que deu de caras com um menino matulão equipado a rigor para o Crisma, que iria chumbar, cujo cantar era uma oração:
- “Tenho uma rata no sótão / Ao pé de uma lata de tinta / Todos os dias lá vou / Ver se a rata já pinta!”.
Regressou ao campo quando uma menina de branco parecida com um sapo lhe tentou dar um ósculo na praia de Paço de Arcos! O Big Mac do Incha Padel estava tão agradecido aos seus companheiros de desporto do Futebol P.A., que lhes prometeu um cardeal com bengala para a baliza. Mas como o tempo era de política, havia um jogador já com um cargo políticos garantido:
- O Bill será vereador do Saneamento, passa a maior parte do tempo de jogo no balneário, e quando resolve jogar só faz merda.
Mas o acontecimento desportivo da vila mais grave foi a agressão que o Big Mac sofreu durante uma partida de Padel, quando a sua orelha direita foi alvo de um atentado, alguém, ou o próprio, fez embater uma frigideira no referido pavilhão. Mais tarde  Conan Vargas explicou às repórteres da revista “Focinhos:
- Graças a este incidente o meu colega padeleiro ficou a jogar melhor e a gostar de polvo!



No comments: