miguelbmiranda@sapo.pt

Wednesday, February 17, 2010

Comandante Guélas - Série Paço de Arcos 24 - Chefe-Bigodes versus Mac Macléu Ferreira



-->
 Comandante Guélas
Série Paço de Arcos
 
Ia o chefe Bigodes calmamente na sua “Casal Boss”, na rua Lino de Assunção, quando ao seu lado apareceu o célebre Mac Macléu Ferreira numa “Zundapp 50” com escape de rendimento, óculos ao vento e cabeça ao léu.
- Alto e pára o baile, – gritou o agente da autoridade para o motociclista rebelde, que o ousara provocar.
- Vai-te catar ó Bigodes. Aposto que não me apanhas? – Desafiou o infractor.
- O quê, dúvidas da minha “Boss”?!
- Julgas que esta “Zundapp” é aquela com “cranage e banco de competição”, feitos com restos dos caixotes do Manel da Fruta, em que eu subia a minha rua, com a ajuda dos pés?
- Ainda tenho na secretária as queixas dos teus vizinhos, a protestarem pelo barulho do teu escape de rendimento às 5 da manhã. Hoje vais pagar por tudo!
E deu-se início à perseguição mais famosa de Paço de Arcos. À frente Mac Macléu Ferreira desafiava a autoridade, atrás a autoridade tentava apanhar o Fangio de Paço de Arcos. Para trás ficara a passagem de nível, aproximava-se agora a rotunda da Estação. Mac respeitou a Lei e foi pelo lado certo, o representante da Lei desrespeitou a Lei e foi pelo lado errado, tentando barrar a corrida ao nosso herói. Quando o da “Zundapp” viu o da “Boss”, atirou-se para cima deste e simulou um acidente gravíssimo. Ficou no chão a queixar-se da tentativa de assassinato, que só podia ser político! As testemunhas, que estavam à espera da camioneta para o Pimenta, chamaram a polícia e acusaram o Bigodes.
- Assassino, onde é que já se viu um agente da autoridade em contra-mão? Coitadinho do rapazinho loirinho, e ainda por cima “caixa-de-óculos”, ia morrendo. Assassino!
A “Boss” foi no porta-bagagem toda amassada, e a “Zundapp” estava rija que nem sarda. O Chefe pediu desculpa ao cidadão Mac Macléu Ferreira, vítima de abuso da autoridade, fez-lhe continência, e avisou o Bigodes de que o ia amassar quando chegasse à esquadra.

No comments: